Provedor de internet via rádio: Entenda a resolução n° 574 da ANATEL.

Tempo de leitura: 3 minutos

A resolução de número 574 da Anatel foi criada com o objetivo de fazer a gestão da qualidade de serviços prestados no segmento de comunicação multimídia.
Mas afinal, como será que isso impacta o provedor de internet via rádio ?
A seguir, confira o que é a resolução no 574 da Anatel, suas principais características e implicações nas empresas provedoras de internet.

O que é a resolução no 574?

A Resolução de n° 574, que aprova o “Regulamento de Qualidade do Serviço de Comunicação e Multimídia” foi estabelecida em outubro de 2011 pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).
Por meio da mesma a Anatel estabeleceu certos “padrões de qualidade” para a oferta de serviços de internet. O objetivo da resolução, neste sentido, é de melhorar a qualidade do serviço prestado assim como a experiência de quem o adquire (tanto no sentido do atendimento como, especialmente, em relação a velocidade e qualidade das conexões).

A seguir, confira quais são as implicações desta resolução para as provedoras, especialmente no sentido de oferecer melhor qualidade da internet a rádio.

Principais implicações da resolução para empresas provedoras de internet

A Anatel exige que um provedor de internet e de demais serviços de comunicação multimídia que tenham mais de 50 mil pontos de acessos enviem os dados exigidos pela agência mensalmente. Com esses dados em mãos, o objetivo da ANATEL é possibilitar melhora contínua e progressiva na prestação de tais serviços.

No que diz respeito às operadoras de internet, elas devem garantir pelo menos 60% da velocidade média oferecida no plano contratada pelo usuário durante todo o mês. Sendo assim, vamos considerar um exemplo: se o usuário contratou um plano de 10 Mbps, ele deverá ter ao longo do mês, no mínimo, a média de 6 Mbps de velocidade.

Essa regra é válida tanto para as operadoras de internet móvel como de internet banda larga.
Felizmente, é muito difícil que a resolução no 574 venha a lhe atrapalhar caso você esteja pensando em montar seu próprio provedor de internet via rádio. Isso porque é preciso contar com pelo menos 50 mil pontos de acesso para entrar na margem de regulamento da Anatel.

Sendo assim, você só vai precisar se preocupar com as implicações da resolução no 574 da Anatel quando tiver pelo menos 50 mil pontos de acesso disponíveis aos usuários, em seu provedor de internet.
Mas é claro que, se quiser chegar lá, a qualidade da internet a rádio será primordial. Por isso, garanta a boa qualidade da internet a rádio desde o início e suas chances de sucesso com o empreendimento serão muito maiores.

Após conhecer mais sobre a resolução no 574 da Anatel e suas implicações para empresas provedoras de internet, não hesite em segui-la as riscas de modo a garantir a legalidade do seu provedor de internet via rádio. E, antes disso, não se esqueça: a qualidade da internet a rádio é fundamental para o crescimento do seu negócio.

Conte com o TEK Distribuidor em seu Provedor de Internet

Para lhe auxiliar nessa, conte com o TEK Distribuidor na hora de colocar o seu negócio em prática. Aqui no TEK Distribuidor nós trabalhamos com todos os equipamentos necessários para montar o seu provedor e fazê-lo funcionar perfeitamente.
Para conferir os equipamentos disponíveis, basta acessar o site do TEK Distribuidor⬇⬇

provedor de internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *