Provedor de Internet: Módulo GBIC: Classe B+ ou C+?

Tempo de leitura: 3 minutos

Quando o assunto é a montagem de um provedor de internet via rádio é importante estar atento a alguns conceitos relevantes sobre este assunto. Entre os eles, vale levar em consideração a definição precisa sobre o que é o módulo GBIC e também as distinções existentes entre a Classe B+ e a Classe C+.
Além disso, é importante salientar que, no caso de equipamentos para montagem de um provedor de internet via rádio, o TEK Distribuidor conta com os equipamentos e os materiais que você precisa.

O módulo GBIC

O módulo GBIC, que também pode ser chamado de Conversor de Interface Gigabit, é oriundo da sigla em inglês Gigabit Interface Converter. O GBIC consiste em um transceptor óptico, que também pode ser popularmente conhecido como transceiver. Tal dispositivo é utilizado em switches nas conexões de provedor internet via rádio, proporcionando um melhor desempenho nas redes.

Noo TEK Distribuidor você encontra este tipo de módulo, que é bastante recomendado para uma aplicação óptica, independente de ela ter uma funcionalidade da fibra monomodo ou de multimodo. É interessante salientar também que, nesse caso, os termos monomodo e multimodo fazem referência a densidade da fibra. A fibra do tipo monomodo altera de densidade de maneira bastante rápida, já a fibra do multímodo altera de uma densidade para outra de maneira mais lenta.

No módulo GBIC essa diferença de alteração entre as densidades exerce bastante influência, pois as fibras do tipo monomodo contam com um maior alcance.

A diferença entre GBIC B+ e GBIC C+

Entre as características do módulo GBIC, é possível citar que ele é constituído em seu interior por um laser, com o intuito de efetuar a conversão elétrica para óptica, bem como é também constituído por um detector, com o objetivo de efetuar a conversão óptica em elétrica. Os lasers no módulo GBIC possuem uma potência de transmissão, que determina a intensidade de luz que será acoplada na fibra óptica. Já os detectores possuem relação com o nível de potência que podem receber (ou seja, captar) e converterem em sinais elétricos sem que para isso ocorram erros durante o processo.

É nesse caso que ocorre a diferenciação no módulo GBIC por meio das classes B+ e a classe C+. Ou seja, B+ e C+ correspondem aos diferentes níveis de potencial de transmissão e sensibilidade de recepção que
podem apresentar. Quando a questão envolve a montagem de provedor de internet via rádio, vale salientar que a classe B+ é destinada para distância que são consideradas menores e não apresentam risco de ocorrer uma saturação de sinal, já a classe C+, por sua vez, demonstra um bom desempenho para distâncias consideradas maiores e o TEK Distribuidor conta com os dois modelos para você e seu provedor.

Ao conhecer as capacidades e as particularidades de cada um desses elementos e módulos, é possível obter um bom resultado na montagem de provedor de internet via rádio. Portanto, se o seu objetivo é realizar a montagem de um provedor desse tipo, vale então conhecer os
produtos oferecidos pelo TEK Distribuidor, lá você vai encontrar o que precisa e com ampla qualidade.

provedor-de-internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *